O MEI como forma de ser dono do próprio negócio

As pessoas que desejam ser donas dos próprios negócios encontram no Microempreendedor Individual – MEI como uma forma de colocarem em prática toda essa vontade de não ter que ficar escrava de um sistema de trabalho a qual precisam presas àquelas 8 horas fixas de trabalho, que muitas das vezes é chata, é um local com uma série de pessoas que certamente não seriam as mesmas que o mesmo teria vontade de conviver, mas que mediante as condições da empresas é necessário. Por viés disso, ser o responsável único pos suas próprias atitudes é algo que cria uma responsabilidade, maturidade e vontade em querer trabalhar cada vez, já que certamente sendo um MEI o trabalho facilmente será mais de 8 horas diárias, mas que ao fazer o que gosta e com as pessoas certas, será um prazer e não uma obrigação em cumprir metas, para que no final haverá o simples enriquecimento do patrão e a mera continuidade num sistema de continuidade sem valorização.

O MEI precisa cumprir algumas obrigatoriedades para terem o registro legal de suas atividades que seria o pagamento de taxas tributárias na forma de vias de INSS, ICMS ou ISS, de modo que tais atividades podem ser analisadas e escolhidas por meio do site Portal do Empreendedor, e após definir-se por qual atividade se enquadra ao perfil do profissional o mesmo ainda pode ter outras quinze atividades secundárias. E para tal terá uma série de vantagens e benefícios ao comparar com atividades realiadas de forma totalmente autônoma ou de forma informal, a qual incluem o recebimento de um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), o possibilitando a trabalhar diretamnete com grandes empresas privas e / ou do governo, pois haverá possibilidades em emitir notas fiscais, recebimento de auxílio doença, no caso de algum afastamento das atividades, até mesmo à aposentadoria, seja por meio de contribuição ou invalidez.

Portanto, ser o dono do próprio negócio pode parecer algo muito bom, porém, pelo menos no início não é tão confortável quanto ter um emprego fixo e estável com recebimentos pré – fixados com dia certo. No caso do MEI será ele o único responsável por sua renda, de modo que se não realizar suas atividades com maestria e responsabilidade não poderá retirar frutos de tais, sendo que não há nada mais prazeroso em ter dono dos seus próprios passos e metas.