Cinco modelos de veículos fecharam as portas para o mercado brasileiro em 2017

Após diversos lançamentos de veículos que ocorreram em 2017, o ano encerrou com uma lista de carros que tiveram a sua linha de produção fechada no Brasil. A maioria desses fechamentos ocorreram para dar espaço a novos lançamentos que foram feitos no ano passado, o que fez com que o valor de determinados modelos fosse ofertado com bastante desconto.

Contudo, alguns modelos também foram eliminados do mercado brasileiro por apresentarem baixo volume de vendas, que acaba não compensando para as concessionárias devido ao alto custo de produção ou ainda de importação do veículo.

A lista dos veículos que fecharam as portas para o mercado brasileiro começa com o modelo da Chevrolet, o Captiva. O motivo, segundo a Chevrolet, é que o modelo foi substituído pelo lançamento Equinox. A substituição pelo novo SUV demonstra que o Captiva encerrou suas vendas em 2017, tendo sido comercializado no Brasil em uma única versão no valor de R$ 108,190. O modelo era equipado com motor 2.4 Ecotec com 184 cv. Além disso, o modelo vendeu tão pouco no ano passado que nem mesmo fez parte da lista dos 40 SUVs que mais foram vendidos no ano passado.

Outro modelo que disse adeus foi o Punto da Fiat. Embora a empresa não tenha admitido o fim da produção no ano passado, o novo modelo hath Argo da Fiat ganhou espaço nas lojas e acabou deixando o Punto de lado. As vendas ainda acontecem, mas o modelo já deixou de ser fabricado em Minas Gerais, na fábrica em Betim.

O Tucson da Hyundai também não teve suas vendas oficialmente finalizadas pela montadora, mas já podemos considerar seu fim em 2017. Isso porque a marca já possui no Brasil outros modelos SUVs que disputam o espaço na escolha dos consumidores. Os modelos New Tucson, ix35 e o Creta estão no topo da lista das opções dos consumidores, o que fez com que o Tucson perdesse espaço em 2017. Sendo assim, o modelo se despediu em 2017 com apenas 1.058 unidades vendidas em todo o ano.

Já no caso do modelo Hyundai i30, a empresa relatou em 2017 que fechou as importações do modelo para o Brasil. O motivo foi que as vendas estavam tão fracas que não compensava a importação. Atualmente, o modelo segue sem previsão de ter a importação feita pela marca novamente ao Brasil.

O último modelo da lista dos veículos que encerraram as vendas em 2017 é o Tiguan, da montadora alemã Volkswagen. Embora a empresa tenha um novo modelo para substituir o Tiguan, as vendas do novo Tiguan Allspace deverão começar agora em 2018. Sendo assim, a montadora cancelou as importações do modelo antigo para o Brasil.