Apartamentos de prédio em Dubai serão vendidos para investidores de bitcoin

Image result for bitcoin logo

Mercado imobiliário de Dubai conta com o novo lançamento do empreendimento luxuoso no valor de 250 milhões de libras, o que equivale a R$ 1 bilhão, de dois grandes empresários britânicos que anunciaram os apartamentos em bitcoins. As vendas serão inicialmente realizadas com um total de 150 unidades com a moeda virtual.

Os responsáveis por essa grande empreitada são a magnata fundadora da rede de lingerie Ultimo, Michelle Mone, e seu parceiro presidente do grupo Knox, Doug Barrowman. Juntos eles revelaram que o empreendimento será uma inovação no quesito moeda para comercialização.

Ao todo, as vendas serão referentes a duas torres que somam um total de 750 apartamentos, segundo informou o site Business Insider. Além disso, a venda será realizada junto a um shopping, também em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Embora pareça uma grande novidade no comércio (vender apartamento por bitcoin), essa modalidade de venda já tem sido presenciada aqui no Brasil. A construtora Tecnisa fez um anúncio em 2014 revelando que aceitava pagamentos em bitcoins por lançamentos imobiliários.

Os primeiros apartamentos que serão vendidos em bitcoin tem o prazo máximo de entrega para setembro de 2019. Os espaços que contarão com um ou dois quartos, terão um preço inicial de 33 bitcoins, o que equivale atualmente a R$ 500 mil. Além das vendas dos apartamentos, o bitcoin também será aceito como forma de pagamento por serviços de decoração do prédio.

O preço anunciado pelos empresários pode sofrer alterações de acordo com as cotações dos pares de moeda.

O empresário Doug Barrowman, disse em nota: “Eu quis oferecer à comunidade imobiliária, tecnológica e de blockchain uma única e exclusiva oportunidade, misturando os setores de incorporação e tecnologia juntos em uma indústria pioneira”.

Barrowman também disse que o crescimento intenso do bitcoin fez a moeda torna-se a principal dentro dos ativos virtuais. Por isso ele escolheu receber os pagamentos pelos apartamentos em bitcoin.

Segundo diversos economistas, o bitcoin será ainda mais aceito como forma de pagamento por produtos e serviços. Aqui no Brasil há diversos locais que aceitam a moeda como forma de pagamento, e a tendência é de que o número de estabelecimentos que aceitam a moeda virtual aumente ainda mais.