Algumas dicas para que você possa palestrar com liderança

 

A comunicação e a liderança precisam caminhar sempre juntas, ao menos é essa a impressão que temos ao constarmos o quão essencial é a oratória para um bom líder, bem como, para o comunicador, uma certa aptidão para o comando. Afinal, uma coisa completa a outra: para persuadir, precisa o líder dessa habilidade comunicacional bem desenvolvida; e para mostrar ter domínio do assunto, ou seja, transmitir segurança ao apresentar-se em público, o comunicador necessita dominar a liderança e usá-la enquanto discursa, seja numa reunião, apresentação ou conferência.

No entanto, engana-se aquele que supor algo fácil de ser conquistado. Não chega a ser tão difícil, mas requer-se, para que se possa transmitir liderança durante a fala, muito trabalho de aperfeiçoamento dessa habilidade. E é para contribuir com essa evolução que podemos destacar algumas das dicas que devem ser aplicadas nas suas apresentações, para que você aja de fato como um líder.

Primeiro de tudo, você precisará demonstrar confiança, pois é ao transmiti-la que os seus ouvintes se disporão a acreditar no que diz, a “comprar sua ideia”. Em suma, é preciso mostrar-se confiantes, e isso fica a cargo da linguagem corporal. Então, ainda que não esteja inteiramente tranquilo de verdade, podendo estar até mesmo nervoso, você terá de transmitir segurança e autocontrole, tanto por meio do contato visual, quanto pela modulação da voz e por manter uma postura ereta.

A segunda dica versa sobre aquelas que podem ser consideradas como partes mais importantes de uma palestra: a abertura tanto quanto o encerramento. Nesse sentido, quer-se dizer que é preciso iniciar o discurso bem, para que se prenda o interesse e a curiosidade do ouvinte até o seu final. E esse, por sua vez, não pode ser qualquer final, precisa, mais do que tudo, terminar num tom de maior emoção, de forma que a sua ideia soe como útil à humanidade, capaz de melhorar em algo o nosso mundo.

Além disso, é preciso também movimentar-se no palco, púlpito, seja lá o que for. Afinal, já não são muito bem vistas aquelas apresentações em que se fica o tempo inteiro parado. Parte do seu sucesso dependerá da linguagem corporal que adotar. Mas é claro que também não se deve “andar para lá e para cá”, pois o importante mesmo é achar o tal “círculo de domínio”, situado no centro do palco, que é a região por onde você deve se mover, de forma estratégica, para ser mais persuasivo, já que, com isso, gerará maior empatia e transmitirá sua liderança. Podemos resumir toda essa dica, inclusive, em você evitar quaisquer movimentos bruscos, gestos fracos ou repetitivos, priorizando então gesticulações contundentes, que estejam, obviamente, relacionadas ao que se está falando no momento mesmo.

 

Levantamento mostra elevação no faturamento de e-commerce no país

O e-commerce brasileiro vem se mostrado um mercado promissor e uma alternativa interessante para empreender no ramo do varejo. Ultimamente, tem sido feitos vários tipos de estudos que acompanham o crescimento do comércio online no país, as faixas etárias dos principais consumidores, suas preferências, entre outros tópicos relevantes.

De acordo com dados retirados do relatório Webshoppers feito pela consultoria da Ebit (empresa pioneira em fornecer informações por meio de pesquisas relacionadas ao e-commerce), o comércio virtual brasileiro registrou faturamento de R$21 bilhões no primeiro semestre de 2017, cerca de 7,5% a mais do que o mesmo período de 2016. Ainda segundo as informações divulgadas, esta foi a primeira vez que o comércio online do país superou os 50 milhões de pedidos. Nos primeiros seis meses deste ano, o número de pedidos efetivados foi de 50,3 milhões.

Para o presidente da Ebit, Pedro Guasti, a diminuição dos preços, deflação de aproximadamente 5,38% mensurada pelo FIPE Buscapé entre os meses de junho de 2016 a junho de 2017, foi responsável por ajudar na elevação das vendas online.

O levantamento também revelou o crescimento nas vendas realizadas via smartphones registrando aumento de 35,9% em pedidos e 56,2% em faturamento. O Ebit estima que o comércio virtual cresça mais 10% até o final de 2017 sobre os quase 26 milhões de consumidores do varejo online que compraram no primeiro semestre.

Liderando o número de pedidos realizados estão os segmentos de moda (14,8%), saúde (12,2%) e casa (10,6%). Já em relação ao faturamento, os setores que receberam maior destaque foram telefonia/celulares (22,3%), eletrodomésticos (18,8%) e eletrônicos (9,6%).

Conforme os dados fornecidos através de levantamento recente efetuado pelo Euromonitor International (líder em pesquisas estratégicas voltadas ao mercado consumidor) o e-commerce mundial varejista alcançou cerca de US$1,16 trilhão em 2017, sendo o Brasil responsável por 0,89% deste total registrado.

Entender o perfil dos clientes, investir na agilidade de respostas do site, oferecer recomendações personalizadas e proporcionar facilidade na navegação da loja virtual são fatores imprescindíveis para quem quer se manter competitivo no mercado online.

Domus Hall – localizada no Manaíra Shopping de Roberto Santiago – completa 8 anos de atuação

No último dia 7 de novembro, a Domus Hall – casa de shows de João Pessoa, capital do estado da Paraíba – completou oito anos de existência. O espaço, inaugurado em 2009 ao som da dupla sertaneja Zezé Di Camargo & Luciano, fica localizado na cobertura do Manaíra Shopping – empreendimento do empresário Roberto Santiago – entre o centro e as praias do litoral norte de João Pessoa.

A Domus Hall trata-se de uma casa de espetáculos com uma estrutura moderna e climatizada, equipamentos de som e isolamento acústico atualizados. O espaço pode acomodar cerca de quatro mil pessoas sentadas ou dez mil pessoas em pé – o formato é de uma grande boate ou um grande teatro para shows musicais. São dois andares de festa – um deles é o o mezanino com camarotes individuais e privê para dez pessoas, lounge music e acesso aos camarins; o outro é o térreo, que pode abrigar mesas, cadeiras ou pista, conforme a necessidade de cada evento.

Desde que foi inaugurado, a ideia do empreendimento planejado para o Manaira Shopping, de Roberto Santiago, é atrair para João Pessoa importantes artistas tanto nacionais quanto internacionais e de todos os estilos musicais. Pelo local, já passaram celebridades como Ana Carolina, Jorge Mário da Silva, conhecido popularmente como Seu Jorge, Gustavo Lima, Marília Mendonça, entre outros nomes da música brasileira.

A Domus Hall também é aberta para Stand-ups, apresentações, formaturas, casamentos, feiras e eventos privados.

O Manaira Shopping

O Manaíra Shopping foi inaugurado no ano de 1989. Ele é um dos maiores centros de compras de João Pessoa. O empreendimento já passou por cinco expansões desde a data de inauguração. Hoje, conta com cerca de 300 lojas distribuídas por uma Área Bruta Locável (ABL) de 75 mil m².

O Shopping do empresário Roberto Santiago trata-se de um investimento que levou para a região em que está localizado tanto investimentos públicos em infraestrutura urbana quanto diversas empresas comerciais.

Roberto Santiago

Santiago é empresário e comerciário. Um paraibano nascido na capital João Pessoa, no dia 16 de julho de 1958, que estudou em uma das mais tradicionais instituições de ensino da capital da Paraíba – o Colégio Marista Pio X – e formou-se no curso de Administração de empresas pelo Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ).

Além dos Manaíra, ele também é dono de um outro shopping de João Pessoa, um dos mais modernos centros de compras da cidade, o Mangabeira Shopping – inaugurado em novembro de 2014 e que chama a atenção pela arquitetura contemporânea do local.

Quanto ao início de carreira do empreendedor, ele aconteceu no Café Santa Rosa. Em seguida, Roberto Santiago investiu em uma empresa própria de cartonagem – uma técnica que possibilita a confecção de vários objetos utilitários e decorativos. Atualmente, o paraibano possui uma carreira de sucesso no mundo empresarial e o consagrado título de homem de negócios.

O empresário é, ainda, amante dos esportes. Ele possui diversos troféus em campeonatos de kart e motocross. Além disso, Santiago também gosta de ski na neve e jet ski.

 

É possível ser produtivo trabalhando em casa?

Home office é uma tendência. Contudo, é muito desafiador conseguir manter tudo em ordem mesmo quando estamos confortáveis em nossos lares. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para lhe ajudar a manter a produtividade mesmo quando trabalha em casa.

A primeira dica é: mantenha sua casa e seu trabalho separados. Esse passo é primordial para que você não se renda à procrastinação e acabe tirando um cochilo ou vendo uma série ao invés de cumprir suas tarefas. Tenha um lugar para trabalhar, bem como um horário. Tente não misturar os ambientes ou trabalhar enquanto executa algo de sua vida pessoal.

A segunda dica é: estabeleça horários. Com o lugar de cada coisa bem definido, é preciso que você tenha disciplina para determinar que seu companheiro (a), filhos, amigos e bichinhos de estimação não lhe interrompam enquanto estiver trabalhando. Estabeleça que trabalho é trabalho e tente fazer acordos acerca da circulação de pessoas e barulhos no ambiente.

Dica 3: tenha uma rotina bem definida. Home office não é sinônimo de bagunça. Ainda que o formato a ser atendido para o trabalho tenha mudado, os prazos continuam firmes e as deadlines precisam ser respeitadas. Não seja irresponsável. Organize seus afazeres, não se esqueça de definir prioridades e acompanhar o andamento dos projetos da equipe.

A quarta e última dica que temos para você é: use um gerenciador de tarefas. Otimizar processos é muitíssimo importante para ganhar tempo e não se perder em erros de organização. Existem diversas ferramentas que funcionam como organizadores online. Elas ajudam a manter o foco no que é prioritário, facilitam a comunicação remota com sua equipe e ainda memorizam os dados de forma inteligente.

O mundo está se modernizando e você não pode ficar para trás. Seja em casa ou no escritório, manter a produtividade é necessário. Muitos confundem ser produtivo com estar sempre ocupado ou ser multitarefas, mas é preciso ter em mente que a questão da produtividade está mais ligada a ter o melhor aproveitamento de tudo que fizer do que em fazer muitas coisas ou não ter tempo para nada.

Utilize essas 4 dicas para organizar o seu trabalho em casa e se quer ler mais sobre como ser mais produtivo, leia também sobre o segredo da produtividade.

 

Livro sobre contabilidade internacional é lançado por sócio de Ricardo Tosto

Resultado de imagem para "Contabilidade IFRS e IRPJ – Efeitos da nova contabilidade internacional sobre a tributação da renda"+"Carlos Henrique Crosara Delgado"

Para o Mestre em Direito Tributário Carlos Henrique Crosara Delgado, membro do escritório de advocacia Leite, Tosto e Barros, fundado por Ricardo Tosto, o ano de 2017 foi marcado de singularidade e realização profissional. No dia 26 de outubro, a Livraria da Vila, em São Paulo, foi o local escolhido para lançar seu livro intitulado “Contabilidade IFRS e IRPJ – Efeitos da nova contabilidade internacional sobre a tributação da renda”.

Publicado pela editora Lumen Juris, o exemplar explora como assunto principal os impactos que a nova contabilidade internacional pode gerar na tributação da renda, como descrito no próprio título. A complexidade do tema leva ao amplo interesse, tanto para a doutrina internacional como para a nacional, pois há tópicos relevantes que visam esclarecer alguns questionamentos jurídicos e de grande repercussão econômica.

Com a intenção de levar aos agentes do direito tributário desafios como o da reestruturação com base na Lei nº12.973/2014 e no Código Tributário Nacional, a abrangência do conteúdo e a amplitude de fatos geradores do imposto sobre as rendas, foi inserido no livro de 316 páginas como parte de seu conteúdo o modelo contábil International Financial Reporting Standards (IFRS) ou, em prortuguês, Normas Internacionais de Informação Financeira.

O sócio de Ricardo Tosto afirma que essa medida é fundamental para alcançar uma tributação justa e amparada no preceito da capacidade de contribuição. Para o advogado, através da nova estrutura contábil é possível o realizar um reconhecimento preciso da renda tributável, o que vem a garantir resultados mais seguros.

A graduação e especialização em Direito Tributário pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/SP), o mestrado em Direito Tributário pela Universidade de São Paulo (USP), o título do Certificate in Business Administration (CBA) pelo Ibmec-SP/Insper, além dos anos de experiência atuando na profissão possibilitaram que Delgado produzisse esta obra esclarecedora e repleta de conteúdo específico.

Durante sua carreira, Carlos Henrique Crosara Delgado já atuou em várias áreas jurídicas, principalmente em direito empresarial. Também já exerceu a função de gerente substituto do setor jurídico em uma multinacional. Atualmente, o advogado segue, especialmente, no campo tributário e contencioso.

Com sedes em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, o escritório de direito Leite, Tosto e Barros é composto por uma equipe formada por mais de 300 colaboradores, entre estrutura Back Office e advogados.

No empreendimento de Ricardo Tosto, Delgado colaborou efetivamente com a formação de grandes defesas e recursos administrativos destinados a autuações de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em oposição a importantes empresas do ramo sucroalcooleiro.

O escritório de Ricardo Tosto atua em áreas como: Administrativo, Compliance, Eleitoral e Político, Família e Sucessões, Comercial e Contratos, Infraestrutura e Regulatório, Bancário, Penal Empresarial, Fusões e aquisições, Trabalhista e Previdenciário, Civil, Reestruturação de Dívidas e Créditos, Arbitragem, e muitas outras esferas jurídicas.

Ricardo Tosto foi indicado como um dos melhores advogados do país na área do Contencioso pela Latin Lawyer 250 e seu escritório reconhecido pela Chambers Latin America, ambas publicações que destacam os melhores advogados e escritórios da América Latina.